Category: Comochoconto

Comochoconto – Biografia de Fraga (e2)

Descarrega em ogg acá

Descarrega em mp3 acolá

“La despedida de seres tan espléndidos requiere de la distancia y la quietud para valorarla”, ha defendido istos dias passados o ministro de Educaçom, Cultura e Desporte, José Ignacio Wert,

Assim passados já um mês do seu felis passamento e ante a pasión coa que os falsimedios e politicuchos de qualquer calanha parlamentaria pretenden elevar aos altares ao señor Fraga Iribarne decidim-me a fazer este 2º e derradeiro programa adicado a sua biografia.

 



Comochoconto – Reises Magos

Descarregar em ogg acolá

Descarregar em mp3 acá

Re-emissom deste clásico conto para crianças:

Nem reises, nem magos, nem tres, nem pesebre.
Os camelos anarquistas de Gustavo Duch Guillot
A massacre dos inocentes: Outra lenda da Biblia
Como carallo o saberían de Suso Lista
Os fungos e Papá Noel
Las desiertas abarcas de Miguel Hernández

 



Comochoconto Especial – O Pistoleiro Conde Roa Vs Okupas da Sala Iago

Descarrega em ogg

Descarrega em mp3

Relato dos feitos acaecidos arredos da okupaçom da Sala Iago, Comentários sobre as declaraçons aos médios do alcaide Conde Roa e do concelherio de Cultura Ángel Currás, e umha pequena Biografia das saídas mais saientáveis de Conde Roa, num programa especial de 98 minutos.

Com textos própiros e recolhidos da rede, quando nom fusilados de:

Abordaxe – Revista Anarquista:

– Unha película digna da Sala Iago: Crónica dende a salvaxe Compostela

Comunicado Contra o Desaloxo da Sala Iago

Galicia Confidencial:

– O desaloxo da Sala Yago por Jorge M.de la Calle

Nos Galiza:

– 100 dias com Conde Roa

Sei o que nos Figestes:

– Os Passos do Graal de Conde Roa

Wikipedia:

– Gerardo Conde Roa

Aúdios extraidos de:

Radio Obradoiro:

– As entrevistas do día

– dia 24 nov – Angel Currás

– día 25 nov – Gerardo Conde Roa

Cadena SER:

Conde Roa llama “ministra marimacho” a Magdalena Álvarez

Foto colada de Sei o que nos Figestes:

‘Xerar’ mal rolhito

MÚSICA

01 – Pistones – Pistolero

02 – Ruxe Ruxe – Non temos medo

03 – Barricada – Okupación

04 – Furnier- La Internacional del Mal

05 – Jose Afonso – Verdade_e_Mentira

06 – Vias Jarbanziño – Okupazioa

07 – Eric Clapton – Cocain

Fundo Ennio Morricone

BSO – A Fistful of Dollars-1964

BSO – For A Few Dollars More-1965

BSO -The Good, The Bad And The Ugly-1966



Comochoconto – Bater

Descarregade em ogg aco

Descarregade em mp3 acolá

Olá , benvindas a umha nova ediçom de Comochoconto , e dado que estamos em periodo preeleitoral, consideri oportuno adicar este programa ao que melhor me inspira toda esta parafernalia eleitoralista e partidista. Estou a falar do quarto de baño, do retrete, do aseio, do tigre ou do coma mais gostedes chamalo.


Além, quando tinha decidido adicar este programa a este lugar de repouso e remanso, soubem por aquilo de dar umha vez mais sentido à sublenda deste programa, que o vindouro sábado 19 dia de reflexom, é o dia Internacional do retrete!!, quem ia saber que existiria tal dia!! E assim como dizia “Tudo parecido com a coincidencia é pura realidade”.

Soarom neste programa:


01 – Vinicius e Toquinho – Aquarela

02 – Bosk – A cagar al campo

03 – Língua de Trapo – Cagar é bom

04 – Deep Purple – Smoke on the water

05 – El Chojin – Vete a cagar

06 – Los Estramboticos – El monstruo del escusado

07 – La Trinca – El barón de bidet

08 – Silvio Rodríguez – Ojalá



Comochoconto – O Relogio

Para descarrega em ogg clicade cá

Para descarrega em mp3 clicade acolá

Olá a todas, benvidas a umha nova experiência na rádio Kalimera, a um novo programa de Comochoconto, onde todo parecido com a coincidencia é pura realidade.

Hoje vou tocar um tema que, há tempo, tinha intençom de questonar por estas ondas livres kalimeras. Um tema que nos quantifica, delimita e mesmo nos controla sem remédio, pois, pese a que quigeramos fugir do seu control, nesta sociedade na que vivemos resulta ser imposível ou quanto menos irrealizável. E estou a falar da mediçom do tempo, dessa absurda necessidade de saber em que hora nos movemos, em que dia estamos, em que mês sofremos ou quantos anos levamos vivendo ou sobrevivendo neste mundo.

Neste programa soarom:

01 – Vinicius e Toquinho – Aquarela

02 – Miguel Montero – Antiguo reloj de cobre

03 – Jorge Mautner – O relógio quebrou

04 – Tita Merello – El que atraso el reloj.

05 – Olga Román – Voy sin reloj

06 – Enrique Morente – El pequeño reloj

07 – Albert Pla – El reloj

Fundo musical:

Joseph Haydn – Sinfonia 101 em re maior “O Relógio”

 

 



Comochoconto – O Relogio

Para descarrega em ogg clicade cá

Para descarrega em mp3 clicade acolá

Olá a todas, benvidas a umha nova experiência na rádio Kalimera, a um novo programa de Comochoconto, onde todo parecido com a coincidencia é pura realidade.

Hoje vou tocar um tema que, há tempo, tinha intençom de questonar por estas ondas livres kalimeras. Um tema que nos quantifica, delimita e mesmo nos controla sem remédio, pois, pese a que quigeramos fugir do seu control, nesta sociedade na que vivemos resulta ser imposível ou quanto menos irrealizável. E estou a falar da mediçom do tempo, dessa absurda necessidade de saber em que hora nos movemos, em que dia estamos, em que mês sofremos ou quantos anos levamos vivendo ou sobrevivendo neste mundo.

Neste programa soarom:

01 – Vinicius e Toquinho – Aquarela

02 – Miguel Montero – Antiguo reloj de cobre

03 – Jorge Mautner – O relógio quebrou

04 – Tita Merello – El que atraso el reloj.

05 – Olga Román – Voy sin reloj

06 – Enrique Morente – El pequeño reloj

07 – Albert Pla – El reloj

Fundo musical:

Joseph Haydn – Sinfonia 101 em re maior “O Relógio”

 

 



Comochoconto – Lume

Para descarregar em ogg clicade cá

Para descarregar em mp3 clicade acolá

Hoje estou acendido, sento calor dentro de mim, umha vez passada a vaga de lumes mais debastadora dos últimos tempos, e umha vez declarado o alto ao fogo permanente por parte da ETA. Acho que e o momento idóneo para falar do lume, do fogo, das lapas, dos incêndios, porque como digo na sublenda do programa “Todo parecido com a coincidência é pura realidade”. E nada purifica tanto e melhor como o lume que ilumina, quenta e fascina.

 

Textos de criaçom própria e outros recolhidos dentroutros:

Mara, aluna de 6ºA –O Fogo e a água

Ignacio Ramonet – Pirómanos pasivos

Xabier Vázquez Pumariño – Lume

P.J. Pisanu – O Pirómano

Soarom neste Comochoconto:

Sintonia: Vinicius e Toquinho – Aquarela

Poesia : Mandeo Records – Lume Eterno

Músicas:

Rita Lee – Jardim de Allah

Skacha – Galiza Negra

Mafalda Veiga – O Lume

Misia – Fogo Preso

Lengua de Trapo – Salta la Luna

Kiko Veneno – Fuego

Fundo Musical:

Yann Tiersen – Temas variados

 

 

 

 

 



Comochoconto – “Canciones para Elena y otros cuentos” 2

Para descarrega em ogg clica cá

Para descarrega em mp3 clica acolá

 

Benvidas a Comochoconto da rádio Kalimera onde todo parecido com a coincidência é pura realidade. Hoje vou retomar os contos de quem já considero um meu amigo mallorqui o Pep Capó Roselló e o seu livro “Canciones para Elena y otros cuentos”, a quem adicara há coisa dum més o meu primeiro programa desta minha nova andaina polas ondas livres de Compostela e pola rede. E digo que considero ao Pep o meu amigo porque depois deste primeiro programa entrei em contacto com ele a través da virtualidade e crio que “sintonizamos” gratamente e assim hoje, quero adicar-lhe este segundo programa dos seus contos. Espero que goste e que gostedes todas, e se bem o mérito nom é de meu senom deste genial escritor que nom acaba de crerse que numha rádio de Galiza alguém figera um programa de rádio com os seus contos.

Neste progarma forom lidos os “cuentos”:

Já nom pensam

De porque Vente a Alemania Pepe deveria ser de obrigada difussom nas escolas

Luita Armada

Quero-te

E soarom estas músicas:

01 – Vinicius e Toquinho – Aquarela

02 – El Ultimo que Zierre – Navajazos por un chandal

03 – La Banda del Pepo – Africa

04 – Rosendo – Harto

05 – Diego el Cigala y Bebo Valdes – Eu sei que vou te amar

Fundo musical:

Miles Davis – Jazz & Blues



Comochoconto – Pablo Hasél – Ula Liberdade de Expressom

Descarregar em ogg clicando cá

Descarregar em mp3 clicando acolá

Olá a todas , benvidas a um novo programa de Comochoconto, hoje tenho raiba, hoje tenho inquina e mesmo odio, antontem soubem da detençom e posta a disposiçom judicial na Audiência Nazional, a herdeira do fascista Tribunal da Orde Publica (TOP) do músico letrista e compositor rapeiro Pablo Hasel, quem já sonou algumha vez neste programa, detiverom-no na rua e culpabilizam-lhe colgar videos no youtube com as suas cançons reinvidicativas de apoio a presos políticos e as suas crítcas à realeza juancarlista, também fidel herdeiro do dictador Francisco Franco.

Na rede saltou a notícia e numerosas vozes espalharom a notícia reclamando a sua imediata libertaçom e reclamando o direito à liberdade de expressom, um mais dos direitos humanos que o Estado espanhol tem hipocritamente assinado e que incumpre a cótio nesta falsa democracía continuista da dictadura franquista. Além pediam DEFUNDIR AO MÁXIMO A NOTÍCIA POR TODOS OS MÉDIOS, e isso é o que fago, Comochoconto.

Além dou conta doutros casos similares como o do cantautor anarquista cordobés El Petas y Birras, da parelha rapeira “Los Chikos del Maiz”, ou dumha compa ex-membro desta rádio encirrada 62 horas por simples pintadas ou os casos das solidárias galegas com as pessoas presas.

Este programa foi emitido ao vivo às 19 horas da quinta feira (joves) 6 de outubro de 2011. Na altura ainda nom se fugeram públicas as mágnificas e aclaratórias palavras do Pablo ao jornal digital “La República” tra-la sua detençom e posta em liberdade que saiu reflexada em numerosos medios alternativos. Podedes lê-la à íntegra em castelhano clicando cá

Também animar-vos a assinar pola sua total libertaçom acolá

Soarom neste programa:

01 – Vinicius e Toquinho – Aquarela

02- Pablo Hasel – Democracia su puta madre

03 – Perdro Faura – Carabanchel

04 – Pablo Hasél – Libertad Presos Politicos

05 – Ismael Serrano – Ana

06 – Los Chikos del Maiz – Spain is different

07 – El Petas y Birras – Track12

08 – Furnier – Nos vemos en la carcel (Live)

Fundo músical .- Jean-Luc Godard – Film Music

Textos extraidos dentroutros:

cincuentaytresdias.blogspot.com

haselpablo.blogspot.com

gara.net

abordaxerevista.blogspot.com

versosperfectos.com

elpetasybirras.blogspot.com

ceivar.org

Música extraida de:

hhdirecto.net

goear.com

theburningbrain.blogspot.com



Comochoconto – 27set1975 – Lembrança de Txiki, Otaegi, Sánchez Bravo, García Sanz e Baena Alonso

Descarrega em ogg clicando acá

Descarrega em mp3 clicando acolá

A alba do 27 de setembro de 1975 eram fusilados Txiki, Otaegi, Sánchez Bravo, García Sanz e Baena Alonso, os dois primeiros militantes da ETA e os outros tres da FRAP. Foram assassinados polo franquismo depois de diversos juízos sumarísimos sem garantes nenguma de respeito dos direitos humanos. Foram os últimos fusilados estando ainda Franco vivo. As numerosas petiçons internacionais de clemência e as mobilizaçons cidadás nom serviram de nada ante um Dictador que se figera em 1936 assassinando ao seu povo, e que seguira matando para arrogar-se o “direito” de poder seguir matando.

 

Realizado em base aos textos de:

Recordando a Txiki, Otaegi, Sánchez Bravo, García Sanz y Baena Alonso Paco Azanza Telletxiki 2010

27 de septiembre de 1975: luchadores por la libertad y la justicia social Sara Antifaxista

36º aniversario de los fusilamientos del 27 de septiembre Manuel Blanco Chivite

Los fusilaron al alba Mercedes Arancibia

27 de Septiembre, homenaje a los cinco últimos antifranquistas fusilados

Pequeño diario de clandestinidad Tomás Pellicer

Poemas de los 5 penados a muerte

Qué duro es esto – Los últimos 324 días de la vida de Francisco Franco Juan de Juan

Soarom neste programa:

José Mercé -Al Alba

Promiscuals – Baena

Dangiliske – Eusko Gudariak

Pedro Faura (Bernardo Fuster suburbano) – De madrugada clandestinidade

Contracanto – Yo te nombro

Lluís Llach – Campanades a morts